quinta-feira, 10 de maio de 2007

Em Brasília


Olá queridos,
hoje estou aqui em Brasília , em uma importante reunião organizada pelo Ministério de Políticas Públicas para Mulheres, para debater " os rumos" da Lei 11.340/06 ( Lei Maria da Penha).
O debate é sempre importante e elucidador e, embora o consenso seja um sonho inalcançável( NEM SEI SE TÃO SONHADO ASSIM...já que a liberdade de expressão democrática é mais estimada), a troca de experiências enriquece nossa luta constante por melhorias e é sempre bom encontrar companheiros (raros) e companheiras( guerreiras) de embate, pois é gratificante saber que não estamos sós em nossas lutas, pois muitos são os cúmplices de devaneios, ainda que saibamos que em muitos casos são inglórias nossas batalhas , sendo certo que em muitas de nossas lutas não há vencedores, todos perdem...
A luta da mulher num país cheio de "machos" é histórica...parece que atrás das montanhas a serem escaladas... há...mais... montanhas! pois quanto mais se alcança, muito mais ainda há por alcançar!!!
O lado de cá não é confortável, há um desejo pujante de mudanças que urgem. enquato o resto do mundo parece se mover em câmera lenta....desdenhando de nossa pressa!!
Para "eles" tudo pode esperar... enquanto o olhar aflito das vítimas nos perseguem e suas súplicas nos ensurdecem....
Por quê tão poucos as vêem e ouvem ????
Façamos um trato: já que não consigo ver e fingir que não vi e ouvir e fingir que não ouvi, se não conseguir convencê-los com meus parcos conhecimentos e grande disposição para aprender , me ensinem a lidar com este desalento...vez que não consigo ser indiferente ao sofrimento de milhares de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar...

2 comentários:

Eduardo Dalla Costa disse...

Você é vencedora em tudo que faz, sem dúvida alguma conseguirá neste teu trajeto incansásel de ajuda ao próximo e a esta busca infindável de justiça a favor das mulheres, que há muito tempo vem passando por humilhações, violência e muitas outras.
Mas com certeza isso vai acabar, levando em conta a sua força de vontade e das pessoas envolvidas em acabar com esse preconceito e "machismo" descabido.

Bjus
Te amo meu amor

Xisto disse...

Democaracia se faz apenas com lutas, meu anjo. Inexiste democracia "dada".
A luta é o processo história de se promover mudanças sociais. Não será fácil. Nunca é.
O Antônio Sodré, uma figura quase folclórica na UFMT, quando tinha a banda "Beneditos" cantava uma música onde dizia que "o lado humano não acompanha o tecnológico".
O machismo latino-americando não vai desaparecer com um apertar de botões ou com a edição de uma lei nova. Mas apenas com as mulheres mostrando que estão dispostas lutar pelos seus direitos.
Parabens, mais uma vez!!!! (de novo, escrevi um livro. preciso aprender a ser mais conciso)
Beijos.